T.I. A Escada da Confiança

Nos dias que correm o trabalho de uma(o) psicóloga(o) é deverás exigente, entre as leituras necessárias a cada intervenção, as avaliações, os relatórios, sessões com famílias, sessões individuais, torna-se difícil coordenar todas as áreas de actuação.

Neste sentido, um dos exercícios que podem ser desenvolvidos em situações de ansiedade após o desenvolvimento da relação de confiança, com o utente consiste em hierarquizar os seus receios e a ansiedade que cada um gera.

Neste sentido surge a Escada da Confiança.

Será importante referir que cada técnico poderá usar o nome que lhe fizer mais sentido, contudo é importante referir que sempre que usamos uma linguagem mais assertiva, mais confiante, irá ajudar também o utente a desenvolver a mesma postura.

Podemos fazer uma folha especifica para nos acompanhar no dossier de intervenção, ou podemos simplesmente fazer directamente numa folha branca, uma escada e algumas linhas, para ajudar o utente a ter algum poder de síntese.

As instruções que apresentamos como sugestão, poderão ser muito semelhantes a estas:

Nesta escada, identifique as situações que geram ansiedade.

  • No topo da escada colocar aquelas situações mais ansiedade e evita.
  • No fundo da escada colocar situações que o incomodam, contudo a ansiedade é menor.

Dê a cada item uma classificação de 0 a 100% de acordo com a ansiedade que você sentiria se tivesse que estar nessa situação.

Tecnica Intervenção Escada —

Após a escrita e a reflexão, escolher a situação que gera menos ansiedade, para se iniciar o trabalho de dessensibilização da ansiedade nessa situação particular.

 

Boas intervenções!