T.I. Emoções & Pensamentos

No dia a dia da intervenção terapêutica, é importante organizar o material apresentado pelo utente, de forma que possa ajudar o tomar consciência do que acontece nos diferentes momentos.

Quando é apresentado a situação por parte do utente, é importante explorar, em alguns momentos da terapia outras situações semelhantes.

Quando é apresentado a situação é relevante que possa responder às seguintes questões:

  • Quem?
  • O quê?
  • Quando?
  • Onde?

 

 

Em cada uma das situações apresentadas, será importante compreender qual a emoção/emoções vividas nessa situação.

Explorando entre as emoções primárias:

  • Raiva;
  • Medo;
  • Nojo;
  • Tristeza;
  • Alegria;
  • Surpresa;

E avalia-las numa escala de intensidade:

  • 0________10
  • 0________________100

A diferença na escolha da escala, dependerá do que vamos avaliando do utente que está a nossa frente, para algumas pessoas a possibilidade quantificar de 0-10 é mais plausível e mais fácil de visualizar em comparação com uma visão de 0-100. Noutros casos, algumas pessoas necessitam de uma escala maior para facilmente apresentarem várias diferenciações da respectiva emoção.

Por último pedimos que nos seja descrito o pensamento por palavras/frases ou em alternativa por imagens. Para ajudar a uma maior focagem sobre a memória das diferentes situações, podemos sugerir que possa fechar os olhos para eliminar todos os estímulos a sua volta e focar-se somente na memória da situação.

 

Num primeiro momento poderemos fazer por exploração da situação oralmente, contudo ao verificarmos que existe um padrão num determinado comportamento será importante coloca-lo no papel, para promover a visualização do comportamento e aumentar a consciência desse comportamento. De seguida, reflectir com o utente sobre a situação.

 

Nota: será importante avaliar o estado emocional do utente tanto pelo dialogo como pela sua linguagem corporal, com intuito de compreender como está a ser digerido a informação recolhida. A informação registada visualmente gera um momento emocional intenso, sendo importante reflectir em conjunto o que está a ser sentido como o que está a ser pensado, antes de terminar a sessão.

Será importante evitar realizar estes exercícios depois do meio da sessão, tendo em conta é preciso tempo para se permitir sentir – partilhar – reflectir.

 

Boas leituras