M.I. da Fonética e Fonologia

Hoje regressamos ao nosso baú, para vos trazer um jogo que permite trabalhar a fonética (articulação da palavra) e a fonologia (descriminação do som ou sons alvo), que é a Sopa de Letras.

Nome

Sopa de Letras
Marca Majora – educativos
Local de compra CTT; Fnac;
Custo aproximado CTT: 13,20€;  Fnac: sob consulta

Material do jogoMI Sopa de Letras Jogo

  • Tabuleiro;
  • Cartões de imagens;
  • 4 Peões;
  • 1 dado;

 

Orientações para se jogar

  1. Definição de quem joga 1º;
  2. Lançar o dado;
  3. O jogador avança pelo caminho que deseja, contando “as letras” conforme o número que sair no dado;
  4. A cada letra que saiu, é necessário procurar a imagem que contenha essa letra ou esse som da letra;
  5. Afim de identificar o som “alvo” ou a letra, tem que se nomear a imagem do cartão encontrada, para o parceiro de jogo verificar se está correto ou não;  Se estiver correto ganha-se o cartão da imagem e coloca-se na sua colher de sopa;
  6. Ganha quem tiver mais cartões na sua colher de sopa.

Intervenção com logo

 

 

Diferentes aplicações 

Intervenção em Terapia da Fala  

Com um jogo com estas características podemos trabalhar e :

  • Promover a tomada de vez e o cumprimento das regras dos jogos;
  • Desenvolver a consciência silábica (os bocadinhos) das palavras;
  • Desenvolver a consciência fonémica das palavras;
  • Promover a discriminação auditiva (ouvir o som alvo) quando corrige o cartão do parceiro;
  • Promover a articulação da palavra quando nomeia a imagem escolhida;

Recomendação: Para as crianças que estão em processo de aquisição ou já tenham literacia, pode-se complementar o jogo com a escrita da palavra.

 

Este tipo de jogos torna-se num treino de competências fonético-fonológicas, ajuda a consciencializar os vários sons existentes numa palavra, bem como consciencializa posição / forma como colocamos a língua ou lábio na boca, articula um som diferente. 

 

Familiar

No contexto de dia de jogos em família, é uma actividade lúdica ideal para desenvolver os laços da relação familiar, a contagem, organização espacial (contar para cima / baixo para a esquerda /direita), destreza mental, a criatividade e a capacidade de identificação de imagens, através da brincadeira.

É a brincar que as crianças mais aprendem e absorvem informação.

 

Boas práticas e bons jogos!