T.I. Intervenção em Grupo – Sexualidade

Quando intervimos com adolescentes, nomeadamente em grupo, é deveras importante ajuda-los a pensar sobre o mundo, para depois os ajudarmos a pensar sobre si!

Cada adolescente tem um mundo de experiências e referências que nem sempre partilham com qualquer adulto, escolhem por norma o adulto que possa ter uma atitude mais descontraída sobre a realidade, como promotor de segurança e confiança.

Por isso é importante fazermos alguns passos, para sermos merecedores de confiança:

  • Saber ouvir;
  • Reformular o que ouvimos para termos a certeza se compreendermos bem;
  • Explicar a necessidade de reformular para evitar inequívocos;
  • Analisar a informação;
  • Fazer as perguntas necessárias para emitirmos uma opinião ou analise;
  • Emitirmos a nossa opinião ou analise;
  • Questionar se concordam com o que partilhamos;
  • Abrir espaço para o debate;

 

Antes de todos estes passos, costumamos prender a audiência dos jovens adolescentes com alguns exercícios:

  • Folha Branca;
  • E se fosse com…

Explicaremos hoje a Folha Branca!

Entregamos uma folha branca a cada adolescente que entra. Deixamos sentar, sorrimos para eles com espontaneidade. E pedimos que amachuquem a folha com a máxima força que tiverem, podem até rasgar e pisar, mas não podem deitar fora!

Alguns irão até saltar da cadeira e pisar a folha, será importante que deixem fazer, explicando previamente os professores para não falarem, e também participarem!

De seguida, pedimos para alisar, para que volte ao formato anterior.

Ficamos em silêncio! Esperamos alguns segundos, quando estiverem a olhar todos para nós, aumentando a densidade emocional do momento.

Pedimos que olhem para a folha, bem para ela! Novamente em silêncio por mais alguns segundos!

Perguntamos se a folha ficou igual, os risos vão surgir, as respostas também, algumas até indignadas por não vermos o óbvio!

Mais um momento de silêncio!TI cátia

Pedimos que se foquem na folha, olhando bem para ela, analisando com todo o detalhe cada rasgo, amasso, vinco, buraco.

E mais um momento de silêncio!

Nesse momento devolvemos:

Este é o vosso coração! – Silêncio

A forma como o trataram e a forma como o consertaram é muito daquilo que cada um de nós tem, em vários momentos da sua vida! As vezes somos nós, que criamos a dor, outras vezes são os outros, e de todas elas ficam marcas que nos irão acompanhar a cada passo da nossa vida!

Estes momentos são muito intensos, e em silêncio! E quase todos guardam a folha com cuidado, alguns virão mesmo entrega-las no final!

De seguida iniciamos o tema que vamos falar sobre a sexualidade!

 

Iremos explicar para a semana, o exercício de Imagética E se fosse com…