Disartria

A Disartria é a temática que vos vamos falar hoje.

A Disartria é uma patologia definida por perturbações da fala resultantes de alterações da musculatura ou do controlo muscular dos mecanismos responsáveis pela produção da fala, nomeadamente os orgãos fonoarticulatórios (respiração, fonação, articulação e prosódia).

 

A Disartria surge devido a uma lesão neurológica no sistema nervoso central e/ou  periférico (pode ser congénita ou adquirida), decorrida após:

cerebro

  • AVC – Acidente Vascular Cerebral;
  • Traumatismos;
  • Doenças degenerativas;

 

Quais as carateristicas da Disartria?

  • Diminuição da força ou paralisia dos orgãos fonoarticulatório;
  • Descoordenação ou alteração do tónus muscular;
  • Inteligibilidade do discurso;

 

 

A Disartria pode ser classificada em cinco grupo, de acordo com:

  • a idade do aparecimento (congénita ou adquirida);
  • a etiologia: terapia III
    • vascular;
    • neoplásica;
    • traumática;
    • inflamatória;
    • tóxica;
    • metabólica; degenerativa;
  • a área cerebral afectada;
  • a doença associada (parkisonismo, esclerose lateral amiotrófica):
Atáxica Flácida Espástica Hipercinética Hipocinética

 

Boas Leituras!

 

Referências Bibliográficas
Barroco M., (2008). Articulação em Disartria pós-TCE – Análise Acústica,Dissertação apresentada à Universidade de Aveiro