M.I. Bingo de Expressões Faciais

Hoje vamos falar do  Bingo das Expressões Faciais, excelente para trabalhar emoções!

Nome Bingo de Expressões Faciais
Marca Andreu Toys
Local de compra  AC-CAT
Custo aproximado  14€

 Material contém:

  • 4 placas em madeira;
  • 24 faces em quadrados de madeira com diferentes emoções;
  • 1 caixa magnética para transporte;

Orientações para Jogar:emoções II

  • + 3 anos;
  • 2 a 4 jogadores;
  • Cada jogador poderá ter 1/2 cartões para jogar;
  • Em cima de uma superfície coloca-se as placas e os quadrados;
  • Joga a vez, cada um dos jogadores;
  • Retira cada um quadrado com uma face e verifica se corresponde às suas expressões;
  • Ganha quem completar primeiro as placas que tenha em sua posse.

Objectivo do jogo permite trabalhar

  • Tentativa – Erro;
  • Memória;
  • Atenção;
  • Competição saudável;
  • Leitura das expressões faciais – Descodificação;

 

Intervenção com logo

 

Diferentes Aplicações

 

Intervenção em Psicologia

Este jogo permite estimular a leitura das emoções, e assim, ajudar a criança a identificar a expressão da emoção facial em si mesma e nos outros. Deste modo, estará a promover-se o desenvolvimento da empatia, competência essencial num relacionamento saudável com os pares!

É um jogo que podemos jogar de diferentes formas para além da tradicional, uma vez que podemos recomendar:

  • À medida que o jogo decorre, o adulto e a criança poderão ir realizando a mímica facial de cada emoção.
  • Na retirada de cada quadrado e acerta nas expressões da sua placa, poderá usar como ponto de exploração sobre as memórias que têm sobre estas emoções;
  • Em paralelo com outros jogos, poderá usar para construir uma historia que inclua as diferentes emoções, apelando a sua criatividade.

 

Utilização Familiar

É um jogo ideal para um momento divertido em família com as crianças, possibilitando a expressão das emoções pelo adulto e pela criança. Desta forma, a criança sentir-se-á acolhida no seu sentir, na medida em que também os adultos sentem as emoções! É uma forma de a criança se sentir compreendida e naturalizar o aparecimento das emoções no dia a dia da criança.

 

Bons jogos!