M.I. Dominó de Madeira Redondo

Esta semana na nossa rubrica, materiais de intervenção, falamos sobre a utilização do Dominó de Madeira Redondo tanto na área da psicologia como na terapia da fala.

Nome Dominó de Madeira Redondo
Marca Marca Branca
Local de compra DeBorla
Custo aproximado 7€ a 8€

Material contêm:

  • 1 caixa com 24 peças com imagens de animais;     

Orientações para jogar

Cada jogador fica com 12 peças que são distribuídas aleatoriamente. Depois de iniciar o jogo cada jogador vai colocando as peças alternadamente e de acordo com a imagem que aparece em cada uma das extremidades. Ganha quem conseguir ficar primeiro sem peças para jogar.

Aconselhável para crianças a partir dos 3 anos.

Objectivo do jogo permite trabalhar

  • a atenção e a concentração;
  • a orientação espacial;
  • a memória;
  • atenção;
  • vocabulário;
  • linguagem.

Intervenção com logo

Diferentes Aplicações 

Intervenção em Terapia da Fala

No caso da terapia da fala, é um jogo que permite a dinâmica entre terapeuta/criança de uma forma apelativa. É igualmente importante para trabalhar outras áreas como iremos descrever de seguida:

  • Identificação e nomeação dos animais que estão em cada uma das peças;
  • Vocabulário;
  • Construções frásicas – frases simples;
  • Linguagem;
  • Categorização semântica;
  • Características;
  • Identificação e nomeação de sons fonológicos.

É um material que serve como auxílio em dias que a terapia tem que fugir um pouco à rotina das tarefas previamente delineadas para a sessão mas sem nunca perder o foco do objetivo terapêutico. No fundo é dar a oportunidade à criança de sentir que aprender é divertido e não custa!!

Intervenção em Psicologia

É um material de fácil transporte que poderá ser utilizado, à semelhança do dominó tradicional, para estimular as competências da atenção e memória na criança, bem como, a orientação visuo-espacial.

É um jogo que poderá funcionar como quebra-gelo no início de uma sessão ou com função projectiva. O facto de a temática ser alusiva aos animais é apelativo para a criança e poderá trabalhar-se a questão projectiva, brincando ao faz-de-conta e escolher um animal.

Terapias divertidas e dinâmicas é o que vos desejamos esta semana!

 

*Nota: em campanhas anuais ou ruptura de stoks