Emociona-TE! com BoyHood!

Hoje vamos falar de um filme memorável – BoyHood do realizador e argumentista Richard Linklater.

É um filme que foi gravado ao longo de 12 anos, permitindo compreender o crescimento tanto das crianças como dos adultos que fizeram parte do processo.

O filme conta a história da vida de uma família de um casal e os seus dois filhos, Mason e Samantha, num primeiro momento. E como superaram o divorcio dos pais, as mudanças de casa, de profissão dos pais e os desafios que precisaram de viver à cada ano da adolescência.

boyhood_01

É um dos filmes que se pode recomendar para uma sessão de grupo, como a titulo individual, seguindo-se de uma meditação sobre os efeitos do divorcio e reconstrução das vidas de toda a família.

O filme facilita a reflexão, uma vez que não apresenta condescendência ou preconceito, simplesmente relata visualmente e em momentos diferentes o crescimento de cada uma das personagens.

O que facilita bastante para a compreensão por parte dos pais e das mães, de como cada criança supera esta situação, ao mesmo tempo que partilha a reconstrução da vida afectiva dos pais com outros adultos e com os filhos destes.

boyhood_still06Compreende-se as posturas que cada um dos pais tomou nas suas relações intimas, como o investimento que realizaram na sua vida profissional, nem sempre tomando as melhores decisões.

O filme é excelente por apresentar o papel dos avós e a sua influência da vida familiar, como o apoio que dão ao mesmo tempo que apresentam uma grande exigência dos filhos, em assegurarem a vida dos netos, mantendo a autonomia financeira.

Por isso é excelente uma recomendação para se pensar no impacto do divorcio na vida de cada um dos familiares.

Recomendação em Grupo

  • Visualização de Grupo de Adolescentes – Mais de 13/14 anos;
  • Dividir por grupos, cada grupo vai ver pela perspectiva de cada um dos membros da família – Mason, Samantha, Mãe, Pai.
    • Se o grupo for um pouco maior que 20 adolescentes: Associar a Avó Materna como o novo companheiro da mãe.
  • Apresentar por idades – 2 a 3 – e reflectirem sobre o impacto de cada um deles;
  • Pedir que possam reflectir sobre as decisões tomadas e as suas consequências.
    • Organizar em esquema visual para ser mais fácil a compreensão por parte dos adolescentes.

Recomendação Individual

Após sugestão compreender qual o papel que mais sentiu empatia, quais foram as dificuldades que identificou, como se sentiu com o crescimento das crianças. Como geriu a situação após ver a reconstrução da vida de cada um dos pais, mantendo-se lado a lado do crescimento dos filhos.

É um excelente material de reflexão para utentes que possam estar a passar por esta situação, para os ajudar a ver uma luz ao fundo do túnel.

boyhood1

 

Por isso recomendamos esta semana o crescimento do jovem Mason!

 

Boas visualizações!