M.I. A Aventura dos Sentimentos e Pensamentos

Hoje vamos falar de um material de intervenção em Emoções & Pensamentos, que se organiza num formato de livro, e é extremamente útil tanto aos professores, a quem foi recomendado, mas principalmente aos psicólogos que o adaptaram para o seu trabalho individual. Falamos d’A Aventura dos Sentimentos e Pensamentos!

Nome A Aventura dos sentimentos e dos pensamentos
Marca Porto Editora
Local de compra Loja Online Porto EditoraFnacBertrandWook;
Custo aproximado 12,20€

O livro de intervenção que apresentamos hoje divide-se em quatro áreas distintas:

Livro Aventura dos sentimentos

 

  1. Emoções & Sentimentos;
  2. Pensamentos;
  3. Comportamentos;
  4. Estados

Seguindo a linha cognitiva – comportamental para promover um auto-conhecimento, necessário a cada criança.

Como é ilustrado e respeita a ideia de uma BD – Banda Desenhada, ajuda a compreender com mais facilidade as diferenças e as semelhanças entre os diferentes temas, seguindo um guião.

Recomendado dos 7 aos 10 anos.

Orientações para usar

  • Organizar pelas diferentes áreas e adequar a temática da criança.
  • Iniciar a utilização do material pela exploração das emoções, na sua explicação como na sua aplicabilidade prática no dia a dia;
  • É o tipo de livro que têm vários exemplos práticos ilustrados, que facilitam a sua compreensão rápida.
  • No final de cada emoção, é apresentado tanto uma ficha ou dois a três quadrados para serem desenhados as áreas onde a emoção povoa.
  • No caso dos pensamentos ou comportamentos, é apresentado no final dos capítulos, de forma a ser consolidado o que as crianças aprenderam.

 

Objectivos do livro

  • Ensinar a didáctica das emoções, pensamentos, comportamentos e estados;
  • Diferenciar as emoções primárias dos sentimentos;
  • Aplicabilidade em situações exemplos de todas as áreas;
  • Reflexão emocional e cognitiva dos comportamentos;
  • Desenvolvimento;
  • Auto-conhecimento;

Intervenção com logo

 

Diferentes Aplicações

 

Intervenção em Psicologia

Muitos dos psicólogos que trabalham com crianças e adolescentes, já reconhecem o livro – material de intervenção. E pode ser utilizado em diferentes fases da intervenção, não sendo relevante usar de forma seguida.

Cada sessão é sempre um desafio diferente e a criança poderá cansar-se do mesmo ao final de algumas sessões, por isso será importante intervalar com outros materiais sobre emoções ajustados a temática a ser trabalhada.

Podemos levar o material para a sessão e ir utilizando consoante as necessidade, contudo como é o tipo de material que apresenta um espaço de elaboração, podemos fazer no livro, contudo acaba por só ser usado por aquela criança, a alternativa recai na utilização de folhas brancas para elaboração das ideias (desenhos) que achamos mais relevantes.

Uma das ideais que poderá ser usada como sugestão é a recomendação da compra do manual pela família, de forma a ajudar aos pais também a reflectirem sobre as suas emoções, pensamentos e comportamentos. Podemos pedir aos pais que possam fazer  em casa, alguns exemplos com os filhos após explicarmos a didáctica.

A aventura dos Sentimentos (1)

Acabamos por usar os cartões que vieram no livro como forma a ajudar tanto as crianças como os adolescentes a falarem sobre os seus sentimentos, uma vez que o seu discurso pode ficar bloqueado no típico “Não sei!”, “Tudo bem!” ou os tão conhecidos “Nada!” ou “Normal!”. Quando surge o bloqueio, podemos dar o conjunto de cartões e pedir para identificarem o que sentiram em determinada situação, e ajuda-los a fazer a diferenciação emocional do que viveram.

A possibilidade de utilização do material remete também para a reflexão do:

  • Eu numa dada situação;
  • O outro e a vivência do que sente, pelo:
    • Reconhecimento facial;
    • Comportamento;
    • Discurso oral;

E por isso este material é um excelente meio para aceder as emoções e sentimentos, e dessa forma compreendermos o utente que está a nossa frente.

Nota Latituniense: os cartões após serem plastificados, podem ser usados com os adultos, (após explicarmos que podemos não ter outro material para gestão emocional), e com alguns adultos ajuda mais a compreensão tanto emocional como cognitiva, do que alguns cartões que possam ter caras reais retratadas.

 

Intervenção em Sala de aula

Este livro a par com outros manuais – Como ser Professor – Competências Básicas 1, 2, 3, 4, do Paulo Moreira da Porto Editora, são excelentes ferramentas tanto para os professores como para os educadores a preparem as suas aulas e actividades que possam abordar a gestão emocional, seguindo algumas das orientações na linha cognitivo comportamental.

 

Boas intervenções na gestão emocional!