T.I. Treino Passo-a-Passo: Competências Sócio-Emocionais-Adolescência

Hoje vamos falar do Treino Passo-a-Passo das Competências Sócio Emocionais no Adolescente!

Primeiro que tudo, é importante ter ciente que para uma competência ser aprendida são necessários alguns passos:

  1. Mostrar como se faz;
  2. Tentar por nós mesmos;
  3. Dar feedback;
  4. Praticar (1).

competencias socioemocionais adolescente parte 2_2

Intervenção em Psicologia

No âmbito de uma intervenção em Psicologia com adolescentes poderá iniciar-se a estimulação de competências sócio-emocionais, tendo por base alguns passos:

1º passo – definir a competência a adquirir:

E.g. Lidar com a pressão do grupo (quando alguém te pede ou te obriga a fazer coisas que talvez não queiras fazer ou que não tenhas a certeza se é o melhor caminho).

– Pensa naquilo que o grupo quer que tu faças e porquê;

– Decide o que queres fazer;

– Decide como queres dizer ao grupo aquilo que queres fazer;

– Diz ao grupo aquilo que queres fazer.

2º passo : moldar a competência: Adequá-la ao estímulo do momento.

3º passo: estabelecer  o treino de competências necessário.

4º passo: seleccionar o roleplay.

5º passo:  preparar o role play.

6º passo: conduzir o role play.

7º passo:  dar Feedback.

8º passo: marcar trabalhos de casa para desenvolver a competencia aprendida.

9º passo: seleccionar o próximo role play.

competencias socioemocionais adolescente parte 2_3

Assim, para promover a Competência Pedir ajuda, tendo em conta a situação mencionada inicialmente (Lidar com a pressão do grupo), pressupõe-se um conjunto de fases pelas quais o adolescente tem de passar:

1.Decidir qual é o problema: Ser específico e claro; decidir quem e o quê estão a contribuir para o problema; como é que isso o afecta?

2.Decidir se quer ajuda para o problema: Perceber se consegue resolver o problema sozinho.

3.Pensar sobre pessoas diferentes que  possam ajudar e escolher uma: considerar todos os possíveis ajudantes; escolher o melhor.

4.Explicar à pessoa escolhida o problema: Peça ajuda –  Se a pessoa te pode ajudar; identificar se é momento certo; se não for, poderá ajudar mais tarde?

Até breve!

Referências bibliográficas:
(1) Goldstein, A. P. & McGinnis, E. (1997). Skeallstreaming the Adolescent.