M.I. Números de Madeira

Mais uma semana mais uma rubrica, desta vez vamos falar sobre a utilização dos Números de Madeira quer na área da terapia da fala quer na psicologia.

Nome Números
Marca Oficina Didática
Local de compra Oficina Didática
Custo aproximado 5€ a 6€

Material contêm:

  • 1 caixa com 24 peças;
  • 10 peças numeradas de 1 a 10, 10 peças com imagens representativas do número a associar;
  • 5 peças com sinais matemáticos (+ – / * =);     

Aconselhável para crianças a partir dos 5 anos.

Objectivo do jogo permite trabalhar

  • a atenção e a concentração;
  • vocabulário;
  • articulação;
  • cores;
  • contagem;
  • categorização semântica;
  • linguagem.

Intervenção com logo

 

Diferentes Aplicações 

 

Intervenção em Terapia da Fala

No caso da terapia da fala, este é um jogo atípico para utilizar em terapia se tivermos em consideração que é um jogo com números, mas é com casos como este que conseguimos comprovar a diversidade de cada material e as voltas que conseguimos dar para chegar aos nossos objetivos terapêuticos. Além de permitir a dinâmica entre terapeuta/criança de uma forma apelativa, consegue trabalhar áreas como:

  • Identificação e nomeação das imagens representadas nas peças;
  • Vocabulário;
  • Construções frásicas – frases simples;
  • Linguagem;
  • Categorização semântica;
  • Características;
  • Contagem;
  • Escrita (no caso de crianças em idade escolar);
  • Identificação e nomeação de sons fonológicos.

Este jogo é um material alternativo ao uso de fichas, puzzles mas que tem a mesma função, acabando por estimular as noções de mais, menos, partilhar (dividir) e multiplicar, pois conseguimos criar histórias onde falamos sobre os conceitos a serem trabalhados e as crianças saem da terapia contentes com as novas aprendizagens fugindo à rotina em que às vezes se cai ao trabalhar certas temáticas.

 

Intervenção em Psicologia

Este material permite ao terapeuta trabalhar as associações do número ao significado, disponibilizando à criança imagens na quantidade pretendida, o que é facilitador. Mais ainda, o material possui imagens de animais/natureza o que cativa a criança e lhe permite aprender sem sentir a pressão de não poder errar.

Poderá ainda ajudar na promoção da atenção e concentração da criança, sendo um jogo de caráter lúdico, permitindo-lhe não sentir tanta ansiedade na aquisição da aritmética e apaziguando o receio de errar.

 

Terapias divertidas e dinâmicas é o que vos desejamos esta semana!