M.I. Livro Perdido e Achado

Hoje vamos falar do Livro “Perdido e Achado” – de Oliver Jeffers – e a utilidade nas diferentes intervenções!

Nome Perdido e Achado
Marca  Edição Orfeu Negro
Local de compra Loja On. Orfeu NegroWookFnacBertrand
Custo aproximado De 9.80€ a 14€

 

Perdido e Achado

O livro conta a história de um menino que encontra um pinguim e pretende ajudá-lo a encontrar o seu destino. Como não o encontra, embarca numa viagem pelos mares do sul, então ajuda o pinguim a regressar ao polo sul.

Mas será que o pinguim quer regressar ao polo sul?

 

O livro permite trabalhar

  • Desenvolvimento Moral;
  • Respeito pelos animais;
  • Valores sociais;
  • Sentimentos como a solidão, a despedida, a amizade, a respeito, o companheirismo;

 

Intervenção com logo

 

Diferentes Aplicações

 

 

Intervenção em Psicologia

Este livro permite abordar com a criança angústias que conduzem ao sentimento de solidão, não sabendo como expressar esse sentir ao outro. E, tal como aconteceu com o pinguim que viajou para a cidade por se sentir sozinho, acabando por se sentir incompreendido pelo menino que nunca lho perguntara… A criança também poderá sentir-se sozinha no que sente.
Perdido (3)

A história fala ainda de valores como a amizade, o respeito pelo outro e seu sentir.

Na história, o menino tornou-se amigo do pinguim e conseguiu perceber e valorizar o que este estava a sentir, não o deixando só!

 

Intervenção em Terapia da Fala

Ao nível da Terapia da Fala, podemos explorar com os mais pequeninos:Perdido (1)

  • A interpretação de imagens;
  • As cores;
  • Os animais;
  • Os meios de transporte;
  • Construção da história através da imagem (antes do conto da história);

com os mais crescidos que já tenham adquirido a leitura e escrita, trabalhamos os mesmos, a cópia e o ditado. 

 

Leitura Familiar

É um livro ideal para desmistificar a ideia da solidão e saudade, de perguntar ao outro quando tem uma questão, porque a criança na história nunca perguntou ao pinguim porque é que ele tinha ido para a cidade do menino. E, afinal, ele sentia-se sozinho.

Perdido (2)

Boas Leituras