T.I. – Competência sócio-emocional – Pedir Ajuda

Hoje iremos falar da competência emocional – Pedir ajuda, para adolescentes.

Intervenção em Psicologia

Mais uma vez mostra-se importante dirigir-nos directamente ao adolescente e ajudá-lo a adquirir competências para facilitar a comunicação com o outro. Em particular, pedir ajuda a alguém é, por vezes, um processo difícil para a própria pessoa, significa aceitar que necessita de apoio.

ajuda_1

Assim,  apresentam-se um conjunto de etapas que o terapeuta poderá trabalhar com o adolescente:

1.Decide qual é o problema:

– Sê específico e claro;

– Decide quem e o quê que está a contribuir para o problema;

– Como é que isso te afecta?

2.Decide se queres ajuda para o problema:

– Percebe se consegues resolver o problema sozinho;

3.Pensa sobre pessoas diferentes que  possam ajudar e escolhe uma:

– Considera todos os possíveis ajudantes;

– Escolhe o melhor.

4.Explica à pessoa escolhida o problema:

– Pede ajuda –  Se a pessoa te pode ajudar?

– Identifica se é o momento certo?

– Se não for, poderá ajudar mais tarde?

Boas reflexões!

Referências bibliográficas:
Goldstein, A. P. & McGinnis, E. (1997). Skeallstreaming the Adolescent.