M.I. Stop! Disciplina e Autocontrole

Hoje vamos falar de um material de intervenção em Autocontrole, que se organiza num formato de livro, e é extremamente útil tanto aos professores, a quem foi recomendado, mas principalmente aos psicólogos que o adaptaram para o seu trabalho individual. Falamos de Stop! Disciplina e Autocontrole!

Nome Stop! Disciplina e Autocontrole
Marca Porto Editora
Local de compra Loja Online Porto EditoraFnacBertrandWook;
Custo aproximado 12,20€

O livro de intervenção que apresentamos hoje:

Auto Controle Paulo Moreira (1)

Seguindo a linha cognitiva – comportamental para promover um autocontrole das suas emoções, necessário a cada criança.

Como é ilustrado e respeita a ideia de uma BD – Banda Desenhada, ajuda a compreender com mais facilidade as diferenças e as semelhanças entre os diferentes temas, seguindo um guião.

Recomendado dos 4 aos 8 anos.

 

Orientações para usar

  • Em sessão terapêutica;
  • Livro de apoio em escola e casa.

 

 

Objectivos do livro

  • Ensinar a didáctica de uma boa gestão emocional e autocrontrolo;
  • Diferenciar os diferentes tipos de comportamentos – ajustados e desajustados;
  • Identificação dos sinais corporais nas diferentes emoções;
  • Treinar a gestão emocional e comportamento;
  • Auto-conhecimento;

Intervenção com logo

 

Diferentes Aplicações

 

Intervenção em Psicologia

No seguimento do livro Aventura dos Sentimentos, segue a necessidade de uma adequada gestão emocional e o autocontrolo na postura corporal.

O Material organiza-se de uma forma que ajuda gradualmente à tomada de consciência, na identificação dos comportamentos esperados tanto no recreio vs sala de aula, acabando por depois contar a história da Panda e Pandi.

Nesta história, acaba introduzir o contrato comportamental que pode ser usado para ajudar a criança a auto-corrigir os seus comportamentos desajustados, como gerir vários treinos para ajudar à criança a tomar consciência do seu corpo e mudar a sua actuação.

Segue-se para a segunda parte do livro, apresentando a História do IRRE e do Quieto, dá uma identidade aos comportamentos, ajudando as crianças a tomarem consciência da sua existência e podendo-os mais facilmente controlar.

É introduzido as noções de abrandar o comportamento, pelo:

  • Relaxamento;
  • Respiração diafragmática;
  • Contar até 10, 20 – devagar;
  • Olhos fechados enquanto faz cada uma das tarefas;
  • Pensamentos em coisas alegres e animadas como nuvens brancas e fofinhas;
  • Fazer alguns exercícios como alongamentos;
  • Contrair e descontrair os músculos;
  • Fazer algo divertido;
  • Tomar consciência de comportamentos e actividades que o possam relaxar.

Seguimos a linha orientadora do livro, e chegamos a terceira parte, dando enfoque no pensamento Devagar, Sentir e Pensar antes de avançar, usando e treinando os pensamentos:

  • Eu Consigo!
  • Eu aguento até ao fim!
  • Ainda Falta um bocadinho. Se continuar já acabo.
  • Vou fazer devagarinho.
  • Vou fazer com cuidado.
  • Eu consigo relaxar.
  • Quanto mais tempo ficar calmo mais consigo controlar o IRRE.
  • Pára quieto IRRE.
  • O Irre não quer que eu acabe, mas eu vou acabar.

Por isso é um excelente material para as crianças mais novas a tomarem consciência do seu comportamento e como o controlar.

Recomendação Latituniense: A vantagem deste material para além do livro que pode ser usado em casa, para reforço da intervenção psicológica, é trazer algumas cartolinas que podem ser cortadas e plastificadas, para serem usadas nas várias sessões com as crianças.

 

Boas intervenções na gestão emocional!