T.I. Pote das Mensagens

Hoje falamos de uma técnica que pode ser usada em diferentes contextos, com diferentes conteúdos:

Figuras (2)

  • Afirmações;
  • Perguntas;
  • Mensagens inspiradoras;
  • Temáticas;
  • Poemas;
  • Sonhos;
  • Desejos;
  • Pessoas;
  • Imagens geradoras de emoções;

Primeiro precisamos de definir a situação que pretendemos abordar, tendo em conta que a técnica pode ser usada por diferentes utilizadores.

 

Num contexto terapêutico podemos recomendar a elaboração, recorrendo a:

Figuras

  • Um frasco de vidro com tampa – que permita a entrada de uma mão;
  • Bilhetes de várias formas:
    • Cores diferentes e diferentes intensidades – escrito no computador ou a mão;
    • Imagens distintas e geradoras de emoções;
  • Definição do tema a ser elaborado;
    • Poderá ser utilizado uma conjugação de temas e imagens que possam permitir o acesso a conteúdos emocionais do utente.

 

Já no contexto terapêutico, convidamos o utente a tirar um papel, a ler em voz alta e a elaborar sobre o que leu!

Os momentos poderão relevar-se com alguma descontracção, como poderão originar alguma tensão ou mesmo acesso a conteúdos que estejam guardados no seu baú de memórias, e que possam desestabilizar o utente.

Recomendações de uma boa prática:

  • Ser realizado num momento intermédio do acompanhamento;
  • Personalizar o pote com as imagens e frases que foram sido recolhidas ao longo das sessões;
  • Ponderar sobre as pessoas que foram colocadas sobre esse pote, em diferentes aspectos (bons, irritáveis, de admiração, de desilusão, de surpresa).

Será relevante compreendermos alguns comportamentos que poderão surgir:

  • A tensão no movimento;
  • O silêncio após a leitura;
  • A ausência para os seus pensamentos;
  • A alteração da voz;
  • O engolir em seco;
  • O olhar fixamente a controlar as lágrimas;

Em cada comportamento será relevante a validação e compreensão, seguindo-se da reflexão após a permissão do utente. No final, agradecermos a partilha emocional sobre os conteúdos.

 

Utilização lúdica

É uma técnica que pode ser usado como uma dinâmica de grupo ou mesmo num contexto familiar, contudo é importante compreendermos também a postura corporal, de forma a contermos as pessoas que possam revelar alguma fragilidade emocional num dado momento. Respeitando o seu espaço e o seu tempo.

Recomenda-se que possa também basear-se no exercício do Pote das Perguntas do livro Desenvolva as inteligências do seu filho de Renato Paiva, num contexto mais lúdico e promotor de momentos de partilha, com o objectivo de conhecer o outro, seja familiar ou colega de equipa.

 

Referências Bibliográficas
Desenvolva as inteligências do seu filho – Renato Paiva